Amanhã, 2 de Novembro, estreia a terceira temporada de Salem, onde Manson faz o papel de Thomas Dinley, o barbeiro num estilo Sweeney Todd. O LA Times conversou com ele sobre a série e sobre o novo disco, Say10. Confira a entrevista na íntegra abaixo!

 

As respostas perturbadoras de Marilyn Manson sobre sugar sanguessugas e fazer salsichas em seu novo papel em Salem.

Aparentemente, basear uma série de televisão inteira nos horrores dos julgamentos de bruxas no século XVII não era o suficiente. Então quando Salem voltar para uma terceira temporada na quarta-feira, será com o roqueiro macabro Marilyn Manson fazendo o papel de um barbeiro/cirurgião/açougueiro sádico.

"Ele gosta de servir salsichas ao estilo Sweeney Todd como aperetivo," diz Manson, a.k.a Brian Warner, sobre seu personagem Thomas Dinley na série da WGN. "Ele também é um sociopata infantil que é curioso com o que há dentro do ser humano. Sua forma de descobrir é os cortando, e às vezes antes de estarem mortos."

Manson, que passou a maior parte de sua carreira propagando temas nauseantes em sua música, aparece regularmente ao longo da nova temporada de Salem. Mas quando não está fazendo o papel de um açougueiro sociopata, Manson ainda faz música sob o aviso de perigo aos pais.

O cantor de Los Angeles, que está finalizando seu décimo álbum, Say10, falou pelo telefone sobre tirar a maquiagem e ser alguém que não o Marilyn Manson.

 

Você já fez uma boa quantidade de trabalhos na TV e no cinema, incluindo A Estrada Perdida de David Lynch e Californication, mas parece que esse papel em Salem foi feito sob medida para você.

Após o primeiro dia, o co-criador do seriado, Brannon Braga, disse, "Apenas seja você mesmo." Eu perguntei, "O que você está tentando dizer?" e ele, "Bem, existem muitos elementos em você e no Dinley ao mesmo tempo." "Você quer dizer, tenho uma atitude completamente laissez-faire ao servir para as pessoas salsichas que são feitas de outras pessoas?"

No trailer para a nova temporada, parece que você está sugando um sanguessuga. Por favor, me diga que era de mentira.

Não era.

 

 

Ótimo, não vou mais conseguir "desver" aquilo.

Bem, eles eram reais. Tivemos até um cuidador de sanguessugas. Ele ficou preocupado de que eu fosse machucá-los, mas eu tinha a impressão de que eles não tem sistema nervoso, então eu tentei persuadir o cara. Disse a ele como eu costumava jogar sal nas lagartas quando eu era pequeno e ele pareceu bem insatisfeito comigo. Só achei engraçado que esse cara trabalhava como cuidador de sanguessugas, mas talvez não seja tão engraçado quanto um cara que coloca sanguessugas na boca por entretenimento.

Salem é baseado nos anos 1600. Como é ser um "cirurgião" naquela época?

É interessante (risos). A ciência não era uma coisa realmente entendida, então esse personagem é o cara que você vai se precisa que alguma coisa seja feita que não seja curável pela religião, medicina ou remédios. Se alguém vai ao local de trabalho dele, existe uma variedade de serviços, que vai de cortes de cabelo a extração de dentes. É uma versão de 1600 de um centro comercial onde eles tem uma loja de donuts próxima a um ortodontista.

Ironicamente, muitas das coisas que ele tem em seu escritório eu tenho [como decoração] em casa.

Tenho medo de perguntar, mas que tipo de coisas?

Equipamentos médicos antigos, boticários. Coleciono vários membros protéticos, e alguns são datados de muito antes da Guerra Civil. Vários aparatos médicos, boletins e diagramas. Muitas pessoas pensam olhando para a morte, ou que esses tipos de instrumentos são mórbidos e o que você esperaria ver na casa do Marilyn Manson. É o que você esperaria, mas muito pior.

Os papeis de filme e TV que são oferecidos a você sempre estão do lado obscuro?

Tem gente que me oferece o papel irônico, straight edge ou de comédia romântica. Na parte da comédia, eu posso ser o mais engraçado possível na circunstância certa. Mas não vou te dizer que sou engraçado agora porque isso me faz obrigado a ser engraçado. A pressão. Mas eu gosto do conceito de ser um ator de personagem. E eu gosto das carreiras de Gary Oldman, Tom Waits e Dwight Yoakam.

Você parece relativamente normal em Salem. Com isso, eu digo que você não está usando a maquiagem de Marilyn Manson. O mesmo vai para seu papel em Sons of Anarchy. Parece que você está disfarçado.

Eu geralmente depilo minhas sobrancelhas e não tenho barba, então se você coloca barba e sobrancelha, subitamente eu não pareço a mesma pessoa. Se eu decidisse roubar bancos, eu seria bom em evitar um processo criminal. É só tirar a maquiagem, deixar a sobrancelha crescer e eu viro uma incógnita. A barba já dá um pouco mais de trabalho. Levou uma semana pra ela crescer ralinha (para o personagem).

Você também ainda está gravando álbuns e fazendo turnê.

Sim, meu novo disco chama Say10, tipo Satã. Encontrei esse título no anuário do terceiro ano do ensino médio da escola Cristã que estudei. Faz bastante tempo. O disco é bem político, socialmente e sexualmente. Lida com coisas que falei bastante, mas talvez não tenha cantado o suficiente. Eu trabalho melhor quando combino imagem e palavras ao invés de só palavras. Me lembrei disso atuando.

É especificamente sobre a eleição que está por vir?

É ambíguo liricamente. Eu queria que fosse algo que qualquer um pudesse interpretar. As pessoas ouvem músicas que eu acho raivosas como sendo sexy. Ou músicas estranhas que eu acho sexy como sendo violentas. Se eu fosse culpado por quaisquer problemas na vida, esse álbum seria o que eu intencionamente estaria pedindo porque acho que a arte precisa chacoalhar as coisas. É o que sempre achei, só precisava de um lembrete e essa eleição foi isso.

Há outros papeis para filme ou TV?

Eu talvez faça algo no ano que vem em um filme grande, um filme de super herói que não posso falar.

E você faria o papel de...

Um vilão, claro.

 

 

 










14.11 @ Annexet
15.11 @ Hal 14
16.11 @ Sporthalle
18.11 @ Zenith
19.11 @ Tip Sport Arena
20.11 @ Gasometer
22.11 @ Pala Alpitour
23.11 @ Samsung Hall
25.11 @ Velodrom - UFO
29.11 @ Mitsubishi Electric Halle
[ ver mais ]

Marilyn Manson - Prêmio de Ícone pela Alternative Press (2016) Third Day of a Seven Day BingeThe Mephistopheles of Los AngelesManson fala sobre o ”The Pale Emperor” (2015)Manson dá suas impressões sobre o Natal (2014) Deep Six


ver +

facebook.com/marilynmanson
marilynmanson.com
twitter.com/marilynmanson


2008 - 2017 ® Marilyn Manson Brasil | Todos os Direitos Reservados