Onde: San Bernardino, Califórnia (Mayhem Festival)
Quando: 12/07/2009
Formato: Áudio
Tamanho: 59.6MB
Qualidade: Boa.

Setlist:

1. Intro
2. We´re from America
3. Disposable Teens
4. Little Horn
5. Irresponsible Hate Anthem
6. Four Rusted Horses (Opening Titles Version)
7. Arma-Goddamn-Motherfuckin-Geddon
8. The Dope Show
9. Rock is Dead
10. Tourniquet
11. Sweet Dreams (Are Made of This)
12. The Beautiful People

Link: http://www.mediafire.com/?jmmngwytqm0

1. Intro
2. We´re from America
3. Disposable Teens
4. Little Horn
5. Irresponsible Hate Anthem
6. Tourniquet
7. Four Rusted Horses (Opening Titles Version)
8. Arma-Goddamn-Motherfuckin-Geddon
9. The Dope Show
10. Rock is Dead
11. Sweet Dreams (Are Made of This)
12. The Beautiful People

Vídeo

Sweet Dreams (Are Made of This)/The Beautiful People

Ótima entrevista concedida para o site azcentral.com. Manson fala um pouco sobre o novo baixista da banda, Andy Gerold, CD novo! e também sobre Twiggy/Skold. Confira!

 

Marilyn Manson não tem sido estranho para a controvérsia em seus 15 anos de carreira. Ele tem sido culpado pelas mortes no tiroteio no Colégio Columbine em 1999. Ele foi banido em Utah por rasgar a bíblia no palco. Mais recentemente, ele teve o calor quando um adolescente da Lousiana apontou uma arma na cabeça de sua professora, pedindo para ela dizer as palavras “Salve Marilyn Manson” antes de uma tentativa falha de suicídio.

Ele frequentemente bancou o super-vilão, um papel que ele aceitou e abraçou durante os anos. Mas ironicamente, o trabalho mais memorável e de sucesso veio antes de qualquer um apontar armas em seu nome ou qualquer um, além dos fãs e religiosos conservadores, prestaram muita atenção nele.

Recentemente ele se reuniu com seu ex parceiro de crime Twiggy Ramirez, que co-escreveu a maioria de seus maiores hits até hoje, incluindo “The Beautiful People” e “The Dope Show.” Embora talvez seja uma extensão para muitos chamarem isso de um jogo feito no céu, a química que os dois compartilham musicalmente é inegável em seu mais novo empenho, “The High End of Low.”

Nos encontramos com Manson, enquanto ele se preparava para se apresentar no Mayhem Festival desse ano nessa sexta-feira, 17 de Julho, em Phoenix.
 

Qual a maior diferença entre o Marilyn Manson que escreveu o “Portrait of an American Family” de 1994 e o cara desse ano (2009) que escreveu o “The High End of Low”?

Eu poderia ter pego todas minhas experiências e elas poderiam ter me deixado exausto ou cínico, mas acho que ainda aprecio a ideia de que há uma razão para qual você torna-se um artista e faz rock n’ roll, e isso pode ser simplificado enquanto você quiser comunicar-se com alguém. Se você quiser quebrar, rock n’ roll é sobre dizer o que você não pode dizer para as garotas na vida normal, então você tem que dizer nas músicas.

Entre fazer meu primeiro álbum e fazer esse álbum, muitas coisas foram perdidas na confusão e esse álbum é muito sobre perda. Eu não poderia ter escrito um álbum sobre perda quando fiz meu primeiro álbum porque eu não tinha experienciado pegar todas as coisas que gostaria de manter quando você tem o mundo na sua frente e o que é como perdê-las e apreciá-las.

Com esse álbum, tentamos pegar as mesmas pessoas que estavam envolvidas no “Antichrist Superstar” e “Mechanical Animals” para trabalhar no álbum. Tudo que eu me importo agora são com as pessoas ao meu redor achando que o que eu faço é bom. Se eu mostro o álbum para a minha namorada e ela gosta, não me importo com o que a gravadora pensa dele.

Quando você disse que perdeu tudo por ser culpado por Columbine, o que exatamente você quis dizer? Infelizmente, parece como se talvez seja o momento de definição da sua carreira e não há nada para fazer com você.

Perdi todo meu dinheiro, e comecei a me separar das pessoas que se importam comigo, incluindo Twiggy. Eu sempre disse que se você vai dizer algo ou se presenciar em um certo modo, você tem que tomar responsabilidade por isso. Não posso dizer que não tive que fazer nada com isso, mas se eles vão me culpar, eu quero pelo menos um tipo de Grammy. Não tenho nada a perder agora. Fazer música é arte, não dinheiro. Posso viver em uma caixa com minha namorada e minha gata, enquanto eu tiver comida de gato, drogas e absinto. Isso que é rock n’ roll. Se você acredita no que está fazendo, você terá dinheiro. Quando você questiona, não.

Como tem sido trabalhar com seu novo baixista, o nativo de Phoenix Andy Gerold, e por que você não deu um nome artístico pra ele?

Obviamente ele foi qualificado pelo trabalho, mas ele se encaixa porque ele é sarcástico e ele vem do mesmo lugar onde começamos primeiramente a banda. Acho que passamos esse ponto de “nome artístico”, e tornou-se o que todos esperavam que fôssemos fazer.

Ao longo dos anos você teve várias mudanças de formação. Qual formação você acha que é/foi a mais forte?

A atual, porque estamos todos animados em ser uma banda de novo e realmente apreciamos que é um privilégio para nós fazer isso juntos. Estou emocionalmente ligado com todos na banda, incluindo o Andy. Esse é apenas o começo, e acho que o próximo álbum virá bem mais cedo que o último.

Por que você acha que o Twiggy e o ex-baixista/guitarrista Tim Skold não podem co-existir juntos na banda?

Twiggy escreve músicas partindo do coração e o Tim Skold escreve músicas partindo de seu talão de cheques.

Setlist indisponível

Vídeos

Irresponsible Hate Anthem

Little Horn

Four Rustd Horses (Opening Titles Version)

Arma-Goddamn-Motherfuckin-Geddon

The Dope Show

Rock is Dead

Tourniquet

Sweet Dreams (Are Made of This)

The Beautiful People

Manson fala sobre o Chris Vrenna, os álbuns que ele ama e sobre Deus. Matéria feita pelo site NoiseCreep.

 

Marilyn Manson estava em um hotel de Hollywood – o Sunset Marquis, se você for um GPS humano querendo saber seu paradeiro há poucas semanas – quando ele passou algum tempo com o Noisecreep. Ele estava tocando piano em um site, e disse, “Quero tocar por cima disso, ou tocar como Billy Joel ou Elton John. Só vou fazer soar assustador.”

Ele disse um bocado aqui, mas qual o problema? Ele é merecido, como o Rei do Choque da era moderna, o novo-Alice Cooper, com uma linha muito mais malvada. Mas Sr. Manson estava decididamente maduro, como ele disse sobre seu novo álbum, “The High End of Low.”

“Chris Vrenna foi o terceiro elemento no álbum,” Manson disse a Noisecreep, referindo-se ao seu tecladista ao vivo. “Ele bancou o papel de adulto e ajudou a desenrolar o caos de nós dois.” Os “dois,” Manson menciona ele mesmo e seu velho amigo, o baixista Twiggy Ramirez, que voltou à família do Manson para o novo álbum, que foi o empenho metódico para o cantor. “As músicas aparecem na ordem em que eu as cantei, e elas ganham força, com sarcasmo, eu reconquistando minha personalidade, tornando-se amargo e então confidente,” Manson revelou. “Qualquer pessoa que escuta, pode relacionar, desde que eu não quis um álbum só sobre meus problemas e como eu olho para eles. As pessoas podem relacionar essa música, que é o que eu amo nos outros artistas que fizeram meus álbuns favoritos, como o “Diamond Dogs" (David Bowie) ou “Wish You Were Here” (Pink Floyd).

Manson também deu outra declaração chocante – ele disse que acredita em espiritualidade, ou pelo menos a noção de espiritualidade! “Estou ciente que censuraram a palavra “God” em “Goddamn,” Manson ri. “Ainda somos controlados pela religião em uma era sem Deus. Sei que essa declaração que fiz está vindo de alguém que é visto como imoral e Satanista, mas eu acredito em espiritualidade e em um Deus.”

página: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 | 244 | 245 | 246 | 247 | 248 | 249 | 250 | 251 | 252 | 253 | 254 | 255 | 256 | 257 | 258 | 259 | 260 | 261 | 262 | 263 | 264 | 265 | 266 | 267 | 268 | 269 | 270 | 271 | 272 |









20.07 @ Budapest Open Air
21.07 @ Metal Hammer Festival
22.07 @ Junge Garde
24.07 @ Metaldays 2017
25.07 @ Rock in Roma
26.07 @ Villafranca Castle
28.07 @ QStock 2017
31.07 @ Stadium Live
02.08 @ Sport Palace
04.08 @ aken Open Air
[ ver mais ]

Marilyn Manson - Prêmio de Ícone pela Alternative Press (2016) Third Day of a Seven Day BingeThe Mephistopheles of Los AngelesManson fala sobre o ”The Pale Emperor” (2015)Manson dá suas impressões sobre o Natal (2014) Deep Six


ver +

facebook.com/marilynmanson
marilynmanson.com
twitter.com/marilynmanson


2008 - 2017 ® Marilyn Manson Brasil | Todos os Direitos Reservados