Como havíamos dito, ocorreria um show dia 4 de Fevereiro em Phoenix e o Chris, junto com o Andy, participariam. Pois bem, o show ocorreu e, para nossa sorte, temos vídeos! O Chris tocou bateria e o Andy tocou guitarra, confira!

The Beautiful People

Little Horn

Irresponsible Hate Anthem

Terrible Lie (Nine Inch Nails)

Veja a mensagem que Manson postou na página do Facebook:

 

Aqui é o Marilyn Manson e vou usar esse lugar para causar danos ao mundo etc. Espere por coisas novas no próximo dia. Não apenas sua besteira de livro falso*. Estou pegando isso de volta.

*Ele fez um trocadilho com o Facebook o chamando de "fake book."

Adicionamos mais um vídeo ao nosso canal. Trata-se de uma entrevista feita por Henry Rollins em 2007, antes do lançamento do "Eat Me, Drink Me." Confira:

Parte 1

Parte 2

Na edição dessa semana da revista Inglesa Metal Hammer, uma página foi reservada para falar sobre o primeiro do seis shows que a banda fez no Reino Unido em Dezembro passado. Confira a transcrição da matéria.

Obrigado ao Norsefire pelo scan.

 

Depois de duas apresentações em festivais decepcionantemente confusas, dois álbuns na média e quase dois anos depois de sua última turnê no Reino Unido, Marilyn Manson tem muito o que provar aqui essa noite. O fato é que as pessoas que esgotaram duas noites no Brixton Academy em Londres estam lá para testemunhar seu apelo resistente, apesar de muitos ataques (alguns desses nem tanto à banda, mas ao Manson). Mas quando falamos com o Manson nem há duas semanas ele nos informou que as coisas estavam melhores e os shows estavam ótimos, não menos importante porque ele está apaixonado de novo.

Quando as luzes se abaixaram e a cortina caiu, uma parede de fumaça foi desencadeada no público que vibrava, e pela primeira música estávamos todos assistindo as luzes azuis e vermelhas tentando lançar a névoa enquanto a intensamente lenta "Cruci-Fiction in Space" era performada. Não muito visível, podemos apenas ver a silhueta do cara que uma vez já chamaram de Brian. Ele não é a visão de um aterrorizante anti-establishment e anti-ele mesmo que ele já foi, mas certamente está mais lúcido e sóbrio que nas entrevistas recentes. "Disposable Teens" tem uma resposta convenientemente arrebatadora, mas a química dos tempos antigos fica aguada e mesmo seus gestos parecem forçados e dissimulados. Os rockstars frequentemente perdem o foco e começam a abusar do público, mas quando você começa a abusar e brincar irresponsavelmente com o público, o que você tem ali? Desânimo extremo? Indiferença? Com o Manson é sempre difícil dizer, e enquanto "The Love Song" e "Irresponsible Hate Anthem" ressoam para bater alegremente com os dejasustes coletados, nos perguntamos quantas pessoas querem saber se ele está sóbrio, se ele está bêbado, por que ele está mancando... conhecendo o Manson, provavelmente esse é o ponto.


O baixista Twiggy Ramirez é uma grande parte do motivo de que O Deus da Foda está feliz de novo, o que certamente o faz um valor ativo, e que talvez seja o único motivo de que sua passagem para a guitarra pareça um mal conselho: todas as músicas soaram boas, mas sem a ostentação e confiança de John 5.

O set tem umas boas músicas antigas, como "Coma White," "Rock n´ Roll Nigger" e "The Dope Show" e enquanto todas são bem vindas, parece que as melhores performances vêm do material mais novo, principalmente "Devour" que destila com amor frágil.


Ao longo do set ele está iluminado e banhado em fumaça, seus figurinos que são marca registrada foram limitadas a quase nada e a parte teatral está limitada a pegar oxigênio, derrubar o pedestal e jogar toalhas de rosto no público. Os shows de metal deveriam você se sentir extremo, mesmo que for extremamente positivo ou negativo, dependendo de quão boa ou ruim a banda é, e certamente ficar sonolento não é uma coisa boa. Como tal, o show do Manson não é um desastre e nem ótimo. Ele está mais divisionista do que nunca, e enquanto deixa muitas pessoas do público desinteressadas, a maioria está suando em um ecstasty catártico.

O site Spinner.com elegeu os 20 maiores frontmen da história do rock e o Manson está na lista. Adivinhem o número? Se você chutou 15, acertou.

 

15. Marilyn Manson

Para alguns é energia maníaca, para outros é magnetismo animal, mas para Marilyn Manson é tudo sobre espetáculo. Às vezes, Manson se parece com um acidente de carro: Mesmo quando não necessariamente queremos, erguemos o pescoço e damos uma olhada - esperando ver algo perturbador. Mas o appeal do Manson começou e terminou com o valor chocante, ele teria sido um pouco mais que um fogo de palha. Ao invés, ele refinou a arte do grotesco de uma forma hipnotizante.

 

Veja a lista completa aqui.

página: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 | 244 | 245 | 246 | 247 | 248 | 249 | 250 | 251 | 252 | 253 | 254 | 255 | 256 | 257 | 258 | 259 | 260 | 261 | 262 | 263 | 264 | 265 | 266 | 267 | 268 | 269 | 270 | 271 | 272 |









20.07 @ Budapest Open Air
21.07 @ Metal Hammer Festival
22.07 @ Junge Garde
24.07 @ Metaldays 2017
25.07 @ Rock in Roma
26.07 @ Villafranca Castle
28.07 @ QStock 2017
31.07 @ Stadium Live
02.08 @ Sport Palace
04.08 @ aken Open Air
[ ver mais ]

Marilyn Manson - Prêmio de Ícone pela Alternative Press (2016) Third Day of a Seven Day BingeThe Mephistopheles of Los AngelesManson fala sobre o ”The Pale Emperor” (2015)Manson dá suas impressões sobre o Natal (2014) Deep Six


ver +

facebook.com/marilynmanson
marilynmanson.com
twitter.com/marilynmanson


2008 - 2017 ® Marilyn Manson Brasil | Todos os Direitos Reservados